quarta-feira, outubro 19, 2005

O mundo ao contrário - por Dias da Cunha e José Peseiro

Dias da Cunha: Caro amigo, é com pena e mágoa que o tenho de despedir. O senhor até sabe que, se fosse por mim, se eu ao menos tivesse alguma espécie de poder dentro do Sporting, não o despediria nunca! Isto são pressões exteriores que se impõem ao que um mero presidente de um clube pode fazer! As minhas mais sinceras desculpas. Sabe é que eu sou apenas presidente do Sporting... não posso fazer o que me apetece e não teho nada a ver com quem é ou deixa de ser contratado ou despedido!

José Peseiro: Oh caro senhor presidente! Não tem qualquer importância eu compreendo plenamente a sua situação. A mais quero pedir as minhas desculpas pelas más exibições Leoninas mas espero que compreenda que eu também sou apenas o treinador! Não me cabe a mim fazer com que os jogadores façam melhor o seu trabalho nem sequer me compete incentivá-los a melhorar as suas prestações em campo. Além disso, quando eles se envolvem em cenas de pancada, quem sou eu para me meter no meio de tão alegre erupção de alegria manifestada em socos e pontapés? Sou um mero treinador não posso, nem me compete fazer melhor!
CP

2 comentários:

Peter of Pan disse...

Não sei se hei-de rir ou chorar... Ai, ai, coitadinho do meu SCP...

Super Show disse...

As inscrições para o 1º BLOG CUP , competição entre Blogs encerram no dia 22 de Outubro de 2005. Inscreve já o teu. É gratuito.
Vai a http://supershow.blogs.sapo.pt e informa-te mais.
Divulga o teu blog. Participa.