segunda-feira, junho 13, 2005

Abrindo precedentes

Queria sentir-te mais perto
Dizer-te quem sou ao ouvido
Ouvir-me morrer em silêncio
Silêncio de quem sonha perdido

Mover o mundo onde vivo
Perder-me no abraço amigo
Ver a fuga de um destino
Tu
CP

1 comentário:

Vê disse...

Bebé, devias abrir precedentes como este mais vezes. Pelo menos nós poderíamos ler mais textos assim. Mas, sério, se sentes todas essas coisas, por que não arriscas e fazes o que sentes vontade? Hein? Beijinho