segunda-feira, setembro 24, 2007

Tic... tac...

Primeiro, paramos. Ainda olhamos, com reduzida atenção e manifesto desinteresse. Mas em breve estamos longe. Voltamos àquela situação, ou à outra e mesmo à outra. Até nos rimos para nós, como se num momento bem passado. Mas, quando damos por nós, continuamos parados e em pé. No mesmo sítio.

-Então mas esta mulher vai ficar o dia todo no multibanco?!

ML

6 comentários:

Lucy disse...

imagina nos correios, quando os 3/4 idade vão receber as reformas, ai sim... puro desespero ;) aliás para pensar nas desgraças da vida é o sitio ideial, sempre fico com cara de coitadinha e alguma velhota me dá a revista dos jeovás ... :p

Rosa disse...

na maior parte das vezes dá para ver o tempo que a pessoa vai demorar pela cara. é verdade! é uma arte milenar não acessível a todos, mas pode ser que um dia te ensine, ehehe. às vezes vale muito mais a pena andar mais um pouco em busca de outra caixa do que assistir ao pagamento das contas do mês dela, da filha, da sobrinha, da consulta do saldo dela, do marido, da filha... dá vontade de lhe passar o cartão e o código e dizer "já agora, faça aí a operação por mim também".

bEtA disse...

:D

Há pessoas lerdas, lentas, desinteressadas pelo outro e com muito pagamento de serviço por efectuar...

LOL

ML disse...

Pela cara? Quer dizer, por definição a pessoa está de costas. A não ser que tu conheças uma técnica... hmmm... reflectora que eu não conheça. Mas que não me importaria nada de conhecer, salvo se este blog estiver a ser monitorizado pelas autoridades. Nesse caso, posso garantir que sou um espírito desinteressado pelas caras que as pessoas fazem e, sobretudo, pelos códigos que digitam.

Arya Bodhisattva disse...

seria boa altura para mencionar a tuberculose incurável e tossicar um bocadinho.

NiNa disse...

Já tive inumeras vezes na mesma situação lol mas nem sempre era mulher :(
Mais atrofiante ainda, é quando essas pessoas que têm tantas coisas pra fazer no MB deixam passar o tempo limite (por nabice só pode!) pra efectuar a operação e é devolvido o cartão, pelo que elas têm de começar tudo outra vez grrrr
nice blog!