domingo, maio 14, 2006

Video educacional Carapaus com Chantilly

Não querendo tornar o blog num local onde se postam coisas engraçadas da internet, isto era demasiado delicioso e perturbador ao mesmo tempo para deixar passar...



HS

7 comentários:

carlopsis disse...

Ainda bem que nesta altura ainda não devia haver tampões!!! LOLOLOL :P

Le Rachelet disse...

Estou indignada, ultrajada e enojada. Acho um descalabro, uma indecência e uma estupidez de limites insondáveis e não consigo entender como foi possível este vídeo ter sobrevivido aos nossos dias e - pior - continuar a ser divulgado!
Quem vela pelo desperdício de pensos neste clip? Quantos mais pensos pensa esta gente sacrificar para que mais meninas mongolóides com pais alienígenas de péssimo gosto para a decoração e irmãs com uma pontaria para arranjar sobrancelhas duvidosa possam perceber algo tão maravilhoso como a menstruação?
Um requiem a todos aqueles pensos que morreram para que estes criminosos pudessem vingar.

Carapaus com Chantilly disse...

Carissíma Le rachelet, como poderia uma menina mongoloide aprender a colocar correctamente um penso se n fosse com a ajuda da família hum?
E já agora que outro termo se poderia utilizar sem ser este divinal termo técnico "sai o interior para fora pela aberura entre as pernas"?
CP

Carapaus com Chantilly disse...

alguém reparou na falta de higiene!?!??!por acaso não passam pelo supermercado e compram "um kg de pensos higienicos s.f.f."!??!céus!!!não é suposto vir esterelizado?!?!?!!?bem...ganda nojo!!!!

Maria disse...

Desculpem lá, mas hum... não arranjavam algo menos nojento? Vem aqui uma rapariga e depara-se com este espectáculo... No entanto reconheço que as crianças com mongolismo levam mais tempo para aprender, mas 10 minutos disto, é demais...

O Criminoso disse...

NOJENTO, EXTREMAMENTE VICIANTE E NOJENTO!!!

Eu não sabia que as mulheres tinham isto. Esta merda do sangue dentro do corpo que sai por um orificio que a mulher tem no meio das pernas é nojenta. E tem mesmo que virar aquela merda pá camera... dasss!!!

Le Rachelet disse...

Mais: duvido sequer que aquilo fosse sangue, pois mantinha semelhanças espantosas com o ketchup que nos dão no MacDonalds.
Para além disso, achei aqueles close-ups na altura de levantar as cuecas - quer da mana mais velha, quer da menina com Trissomia 21 - bastante obscenos. Que tipo de pervertido...? Bom, um realizador que ganha a vida a fazer filmes «didácticos» sobre a forma de usar pensos higiénicos não pode atestar sanidade mental...